Banner Submarino

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

[INDICAMOS] Frozen - Uma Aventura Congelante

http://1.bp.blogspot.com/-JrqV-PljvM0/Uk8j0YyZqPI/AAAAAAAAJcg/y4FeHofv7n8/s1600/Poster_FROZEN%2B-%2BUMA%2BAVENTURA%2BCONGELANTE.jpg 
No ano passado (2013), várias pessoas nas redes sociais, como facebook e tumblr, já estavam eufóricas em suas teorias (em base com as informações que possuíam, oferecidas pelos anúncios que são desde 2011) e também com o que conseguiam interpretar pelo visual, animação e o roteiro do filme. O último filme de animação da Disney, Frozen - Uma Aventura Congelante, seu título aqui no Brasil ao ser lançado (3 de janeiro de 2014, uma semana após o lançamento nos EUA), é a nossa indicação deste domingo.
Nossos colunistas da NOSSOS Romances Adolescentes deram uma olhada no filme nos cinemas e falarão um pouco de suas impressões, como também pontos de informações sobre o filme para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de vê-lo.
E então, NRAniano, acompanha a gente neste post?

FROZEN - UMA AVENTURA CONGELANTE

 Por Lucie Fernandes

Ilustração do conto A Rainha da Neve, por Elena Ringo
Frozen é uma história que acabou encantando muita gente por conter elementos (como o foco em duas irmãs, a quebra da concepção de amor à primeira vista ou de que o amor verdadeiro vem na figura do estereotipo do príncipe encantado)  que não são necessariamente novos em histórias da Disney, mas que se ajuntam em um único filme. O longa co-dirigido por Chris Buck (diretor de Enrolados) e Jennifer Lee (que é a primeira diretora de um filme de longa metragem Disney e quem trabalhou no script de Detona Ralph!) foi desenvolvido como ideia desde 2008, embora já se quisesse fazer uma adaptação Disney do conto do escritor e poeta dinamarquês Hans Christian Andersen (o criador da fábula de A Pequena Sereia), A Rainha da Neve, desde 1943, quando Walt Disney ainda se encontrava vivo. Na história de ambiente inspirado na Noruega (trazendo até elementos de sua cultura, como os trolls, inspirações de indígenas locais [lapões] e a igreja de madeira), não se percebe um enredo rigorosamente fiel com o conto original, ainda que seja levemente inspirado, mas se pode encontrar várias referências: como a personagem Elsa, que é uma mistura tanto da personagem-título de A Rainha da Neve como também do personagem Kai (um menino que acaba tendo o coração congelado), a personagem Anna que é inspirada na personagem do conto original Gerda (quem, por amor pelo outro personagem, o menino, ia em busca de salvá-lo em uma pequena jornada até onde se localiza o castelo de A Rainha de Neve), os nomes dos servos do reino de Arendelle que é a morada das duas irmãs (Kai e Gerda). No entanto, isto tinha sido para contribuir com as múltiplas facetas de cada personagem, isto ficando mais saliente tanto na personagem de Elsa que age diversas vezes, como já foi dito por um dos produtores do filme (Peter Del Vecho), como antagonista ainda que não seja pelo desejo de realmente fazer mal e sim da complexidade trazida da descarga de pressão exercida sob o uso de seus poderes. Esse detalhe também é perceptível no príncipe Hans que pode vir a impressionar a audiência.


Por Larissa Siriani


Promotional Poster for the film 'Frozen'. Photo Credit: Disney
Os principais personagens: Elsa, Kristoff, Olaf, Sven, Anna e Hans
Frozen foi uma das animações mais contagiantes que eu vi desde Enrolados. Ele conquista não tanto pela história - que tem um quê de original, e muitos quês de clichê - mas muito pelos personagens. Elsa, a rainha com poderes que considera uma maldição, e, por não saber controlá-los, se isola, é irmã de Anna, que se sente sozinha, excluída pela irmã, mas sem jamais deixar de amá-la por isso. Tem ainda Kristoff, o vendedor de gelo que foi criado por trolls e tem um jeito muito único de encarar a vida, a rena Sven, que não fala, mas tem uma personalidade lascada, o fofíssimo boneco de neve Olaf... são vários personagens inesquecíveis que completam a história. Me apaixonei por todos e cada um.

E você aí, já assistiu? O que achou? Conta pra gente :)

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Amei esse filme! O melhor desde Enrolados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aylana! Eu também gostei bastante desse filme e os demais colaboradores do blog também :)

      Excluir