Banner Submarino

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

[ESPECIAL DE ANO NOVO] Réveillon Literário

Véspera de Ano Novo. Dia de pular ondinhas na praia, estourar champanhe, usar roupas coloridas pra atrair boa sorte (ou o bom e velho branco, vai saber) e engordar horrores comendo aquele monte de comidas gostosas que você espera o ano inteiro pra comer.

Bom, isso pra gente, aqui, nesse mundinho sem graça. Como seria o Ano Novo se estivéssemos acompanhados de personagens do mundo literário? Foi pensando nisso que nós aqui da NRA tivemos essa ideia: e se o nosso Réveillon fosse acompanhado dos nossos personagens preferidos?
Pra saber como foi essa festa, é só continuar lendo...


Maria Raquel

Embora ela esteja longe de ser minha personagem favorita, já que é imatura, inconsequente e muitas vezes
irritante, quem eu escolheria para passar o Réveillon seria Lydia Bennet.
Porque vamos ser sinceros:
NOBODY PARTIES LIKE LY-DEE-YAH!!
Ela seria aquela amiga que dança a noite toda, que bebe pra caramba e aguenta até o final, que chega nos caras que você tem vergonha e fala bem de você, e está sempre levantando o astral de todo mundo.
E, pra gente ter uma virada partying hard, nada melhor que o maior show de fogos do mundo, além da maior concentração de jovens do planeta: SYDNEY, Austrália!!
[Se você não está assistindo The Lizzie Bennet Diaries ainda, por favor né. Foi basicamente o maior acontecimento da internet em 2012!]



Chris Salles

  Ela já apareceu maquiada igual ao Bozo, vestida de coelhinha da Playboy em uma festa, já cantou belamente no karaoque (só que não) a música mais Forever Alone Ever "All by myyy seeeeelf"...
   Enfim, quem melhor do que Bridget Jones para se ter ao seu lado na virada? É claro que muitas confusões e micos estão garantidos neste pacote, mas por outro lado as risadas também. E quem sabe o Darcy (Colin Firth - suspira de cair no chão) não aparece para esquentar o nosso frio londrino?
Let's Party hard, Bri!


Larissa

Diz aí, tem jeito melhor de comemorar qualquer coisa do que com uma boa bagunça?
E ninguém entende de bagunças mais do que Fred e George Weasley!
Afinal, convenhamos: os dois já soltaram fogos em Hogwarts, fugiram da escola em vassouras, abriram sua própria loja de artigos bizarros no Beco Diagonal, enlouqueceram a Sra. Weasley a vida toda tentando confundi-la sobre quem era quem e causaram de todas as formas possíveis e imagináveis. Imagina uma festa de Réveillon com esses caras! Que mané Copacabana, vou é pra Toca!
E apesar do fim dolorosamente cruel que J.K.Rowling deu pra eles, eu gostaria de passar o Ano Novo causando ao lado desses dois - antes que Voldemort retorne e acabe com a festa, tipo, pra sempre.


Lucie

Olha, para falar a verdade, imagino comemorar meu ano novo com uma galera de personagens. É meio díficil escolher só um de... Um milhão? Haha.
Mas, enfim, escolhi passar o Natal com alguém que entende de uma boa entrada com direito a capa, rosas e tudo. Tuxedo Mask!
Penso ser engraçado aparecer com uma capa, máscara e aprender com o mestre em como atirar com rosas para quebrar quase qualquer coisa. Ou aparecer em alguma comemoração com uma ótima fantasia (tipo, Papai Noel) e dizer "Feliz Natal Atrasado e Próspero Ano Novo!". Tipo, acho isso bem legal!
Fora isso, seria legal dar um tempo para o cara. Digo, a vilania (e por que geralmente são pessoas bonitas?) tem o costume de sequestrá-lo por causa da importância que tem para a protagonista de Sailor Moon. Então, seria uma oportunidade de tomar champanhe na hora dos fogos e conversar um pouco com ele.
Não sei. Penso nisso ao ter visto, quando eu era nova e super fã desse animangá, o que ele passou não só como Tuxedo Mask.
E penso em depois ir com ele quando for destransformar e ir falar com o resto da galera no Japão.
E tirar um montão de fotos~ Além disso, ele é um futuro pai de família sexy poxa, haha.


Mel Geve
Ano novo, vida nova. Eeee!  Mas e se eu não quiser?
E se eu gostar da minha vida rigorosamente como ela está (ou, ok, desejado pequenas mudanças, como uma vaguinha básica numa das faculdades mais concorridas do Brasil) e estiver morrendo de medo do que acontecerá comigo em 2013? Porque, ok, todo mundo está numa vibe super otimista, mas eu só estou torcendo para que todas as coisas boas da minha vida não desencaminhem com esse caminhão de mudanças que está por vir. Não posso transformar este post em um enorme desabafo, mas digamos que minhas perspectivas para 2013 não são das melhores.
Eu queria que tudo continuasse como está, e que eu não precisasse crescer e lidar com os desafios fodidos grandiosos que estão por vir. Queria para no tempo 23:59 e ficar lá, porque no lugar essa expectativa que todo mundo tá sentindo, eu tenho medo. Quem melhor para me acompanhar nessa empreitada que o Peter Pan? Com um pouco de pó de pirlim-pim-pim, eu teria a melhor visão da chuva de fogos de artifício da Paulista, aqui em São Paulo, e depois fugiria para a Terra do Nunca, onde poderia... ficar. Para sempre. Ou até criar coragem e enfrentar a realidade. Seria um bom fim de ano. 

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. EU TAMBÉM QUERO PARTY COM O PETER PAN, QUE ME ESQUECEU AQUI NESSA TERRA!

    ResponderExcluir