Banner Submarino

domingo, 13 de julho de 2014

[RESENHA] The Secret Diary of Lizzie Bennet - Kate Rorick e Bernie Su

Edição: 1
Editora: Touchstone
ISBN: 1476763143
Ano: 2014
Páginas: 288
Sinopse: A modern adaptation of Pride and Prejudice based on the Emmy Award-winning and hugely popular YouTube series and transmedia project The Lizzie Bennet Diaries. The Lizzie Bennet Diaries is one of the most successful webseries on YouTube, with more than 230,000 subscribers and millions of views, along with thousands of followers on its related social media accounts. The fans raised more than $460,000 on Kickstarter to support the creators ($400,000 more than the stated $60,000 goal), making it the most successful campaign for a webseries in Kickstarter’s history. Now, the writers behind the series have expanded Lizzie’s reach to the place where she’s always had a natural home: a book. There is a great deal that goes into making a video blog. Lizzie Bennet should know, having become a YouTube sensation over the course of her year-long video diary project. The Lizzie Bennet Diaries may have started as her grad student thesis, but it grew into so much more, as the videos came to inform and reflect her life and that of her sisters, beautiful Jane and reckless Lydia. When rich, handsome Bing Lee comes to town, along with his stuck-up friend William Darcy, things really start to get interesting for the Bennets—and for Lizzie’s viewers. People watched, debated, tweeted, tumblr’d, and suddenly Lizzie—who always considered herself a fairly normal young woman—was a public figure. But not everything happened on-screen. Luckily for us, Lizzie kept a secret diary. Following the structure of the Jane Austen classic, with each chapter also complementing the addictive videos, this standalone novel has plenty of fresh twists to delight fans and hook new readers. The Secret Diary of Lizzie Bennet expands on the phenomenon that captivated a generation and reimagines the Pride and Prejudice story like it’s never been done before.

Nós já mencionamos The Lizzie Bennet Diaries várias vezes aqui no blog (caso você não se lembre, clique aqui pra refrescar sua memória), e hoje vamos falar dela de novo. Mas não da websérie - ou pelo menos, não  dela.
Porque agora a série virou livro.
É isso aí, o caminho inverso! Os fãs já vinham antecipando o lançamento desde o início do ano, quando ele foi anunciado. O showrunner da série, Bernie Su, se junto à escritora Kate Rorick para compor um livro que preenchesse as lacunas daquilo que vimos no vlog ou acompanhamos pelas interações dos personagens no Twitter, tumblr ou Facebook. Foi assim que nasceu The Secret Diary of Lizzie Bennet.
A história todo mundo já conhece - TLBD é uma modernização de Orgulho e Preconceito em formato de vlog, onde Lizzie é uma estudande de pós em comunicação, e Darcy, um riquinho metido que vai parar em seu caminho ao acompanhar um grande amigo numa visita até a cidade onde ela mora. Eles se odeiam a princípio, mas com o tempo - e muitos mal entendidos depois - a coisa muda de figura, e um amor nasce.
Aí surgem as primeiras perguntas: The Secret Diary é uma "novelização" da websérie que o originou? Ou uma releitura de Orgulho e Preconceito? Dá pra ler sem ter visto o seriado?
Não. Não. Talvez.
The Secret Diary é um caso à parte. Ele não tenta nem transcrever os acontecimentos que a gente já viu na série, nem recontar cena a cena a obra original. Ao invés disso, ele é um... complemento. Ele retrata as cenas que a câmera de Lizzie não captura, aquelas cujo desenrolar nós tivemos conhecimento através de teatrinhos ou apenas pelas palavras de Lizzie. Ele foca em tudo o que é vital pra narrativa, sem, contudo, mastigar aquilo que nós já conhecemos - os vídeos - exceto quando é absolutamente necessário.
Quanto a ser uma leitura passível dos não-espectadores, tenho minhas dúvidas. Em primeiro lugar, é importante lembrar que o livro foi feito por causa e para os fãs, então um conhecimento prévio é meio que esperado. The Secret Diary não se estende em muitos acontecimentos, e apesar de ser bastante autoexplicativo no que diz respeito aos vlogs (que são mencionados, obviamente, várias e várias vezes, quando não transcritos), quase sempre eu comparava o momento narrativo com o episódio equivalente da série. É impossível, pra mim, desatrelar uma coisa da outra, e fiquei me perguntando o que aconteceria se eu não tivesse assistido. Eu com certeza teria um ponto de vista diferente. Talvez o livro até parecesse incompleto pra mim. Mas, de novo, não tenho como saber - eu faço parte do time de espectadores. E isso obviamente adiciona muito à minha experiência com a leitura.
Assim como o livro adiciona à experiência de rever os episódios. Através dele, eu tive uma perspectiva totalmente diferente de vários personagens que, sob o foco da câmera de Lizzie, acabam tendo suas personalidades um pouco... distorcidas. Desde Jane, que me pareceu mais humana, passando por Lydia, que subiu cada vez mais no meu conceito, e até em Caroline, que acabou se tornando muito mais compreensível do que eu jamais imaginei que ficaria. Todos eles ganharam luzes novas ao meu ver.
E tem também aqueles personagens que a gente não viu, e agora vimos. O Sr Bennet, principalmente. Quase todas as cenas que são, por assim dizer, reescritas do original, são as que envolvem ele. Em Orgulho & Preconceito, Lizzie e o pai tem uma conexão muito forte e especial, e embora isso seja mencionado várias vezes na série, é um pouco difícil de senti-la quando você não tem contato com um lado da história. O livro corrige isso, trazendo um enfoque muito grande na relação dos dois e em como isso faz diferença pra Lizzie. O mesmo acontece com a Dra Gardner - que passou de tia do livro a professora e orientadora na série. Afinal, os vlogs só começaram por causa dela. Ela é uma das personagens cuja importância era pré-determinada, mas não tão sentida quanto acabou sendo no livro, e gostei de ter mais dela.
No todo, The Secret Diary foi uma leitra incrível por vários motivos - pelo ritmo leve, pela já conhecida e amada história, pelos nervos a flor da pele página após página... Mal acabei e já estou com saudades. Estou vendo que em breve, vou ter que começar tudo de novo...

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Assisti a web serie loucamente então quando soube do livro fiquei louca por ele.., e já vou ler semana que vem..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir